fbpx
dapps

O que são dApps? Entenda os Apps descentralizados

dApps vem de decentralized applications, ou seja, aplicativos descentralizados.

São aplicativos que rodam em uma rede de computadores P2P, ao invés de um só computador. São executados por muitos usuários em um rede descentralizada de protocolos confiáveis e são projetados para evitar qualquer ponto de falha.

dApps vs Apps

Apps tem seu código salvo em uma nuvem, enquanto dApps tem seu código descentralizado e salvo no Blockchain e não são hospedados em uma plataforma centralizada como Google Play Store e etc, o front-end do dApp costuma ser hospedado em uma plataforma de armazenamento descentralizada e seu back-end em uma rede P2P descentralizada.

 

dapps
PSI – Provedor de Serviço de Internet

Vale comentar que nem todos os dApps rodam numa rede blockchain. Alguns dApps tradicionais como, Popcorn Time rodam numa rede P2P mas não no blockchain. Mas essas definições não são regras, há diferentes pontos de vista sobre o assunto. Não há uma definição exata e definitiva para dApps, por ainda ser um conceito relativamente novo.

dApps vs Smart Contracts

A maioria do front-end dos dApps usa a mesma tecnologia de um App da web convencional para renderizar a página, a diferença é que em vez de uma API se conectar a um banco de dados, é um smart contract conectado a um blockchain. Porém, alguns dApps usam servidores descentralizados para o seu front-end.

Web app: Front End → API → Database

dApp: Front End → Smart Contract → Blockchain

Basicamente um dApp é um app armazenado em uma rede blockchain, onde o smart contract é o que permite que ele se conecte ao blockchain.

Características

Para uma aplicação ser considerada um app descentralizado no contexto do blockchain, é necessário seguir algumas características como, ser open-source, dApps devem operar de forma autônoma, sem controle de uma entidade e podem se adaptar conforme o feedback e o consenso dos usuários, que devem decidir todas as alterações.

Além disso em um dApp os dados do app e os registros de operação devem ser armazenados criptograficamente em um blockchain público e descentralizado para evitar falhas.

dApps também devem usar um token cripto, que é necessário para o acesso à aplicação e para recompensar qualquer contribuição de valor aos validadores do blockchain. A comunidade deve concordar com um algoritmo criptográfico para mostrar a prova de valor.

dApps em Ação

O Bitcoin e Ethereum são considerados dApps e Ethereum é atualmente a principal plataforma para criar dApps. Com Solidity, Ethereum permite que os desenvolvedores formem smart contracts usando as ferramentas do Truffle Framework, podendo também testar seus smart contracts e implantá-los no blockchain.

Exemplos de apps descentralizados baseados em Ethereum que atingiram milhões de dólares em valor de mercado são Golem (capacidade computacional) , Augur (mercado de previsão) e Melonport (gerenciamento de ativos digitais). Esses projetos pretendem reconfigurar a economia usando a tecnologia blockchain e nos colocam mais perto de um mundo descentralizado.

Desenvolvimento de dApps

Para desenvolver um dApp, você pode seguir várias instruções e tutoriais que estão por toda a Internet, e diversas plataformas como Ethereum, EOS, Waves, Cardano, entre outras. Mas se você não é um desenvolvedor e não entende de programação isso pode ser mais difícil.

A Finchain, desenvolve soluções em Blockchain, Distributed Ledger e Smart Contracts. E faz consultoria, criação de smart contracts, blockchains privados e etc. Para saber mais clique aqui.

Quais são suas vantagens?

Uma vantagem dos dApps é sua maior segurança, já que são protegidos contra ataques e danos. Suas informações são distribuídas em um registro compartilhado, sendo assim um ataque bem sucedido é algo quase impossível de acontecer. Além disso como os dados não estão em um centro de dados, não estão vulneráveis a falhas de energia e outros defeitos semelhantes.

Apps descentralizados são uma forma rápida e eficiente de processar grandes volumes de dados. Além de ter transparência, todas as transações podem ser facilmente verificadas no blockchain público. O envolvimento da comunidade é incentivado e todos podem contribuir para a sua gestão e ser recompensado por isso, o que gera uma participação e produção mais ativa.

As diferentes dApps visam aplicar a tecnologia blockchain no seu nicho e à medida que o mundo se adapta e aprende a operar por redes autônomas e descentralizadas estaremos um passo a mais de um mundo unificado por dados compartilhados. As grandes corporações que estão correndo para garantir seu espaço nesse movimento são prova de como a tecnologia blockchain tem potencial e promete facilitar nossas vidas.

O que é um dApp? Aplicativo Descentralizado no Blockchain

A FlowBTC vai realizar o seu 6º Meet Up, o tema da vez é Casos de Uso – Blockchain para Empresas. O evento é GRATUITO e vai trazer como convidado especial Carlos Rischioto, da IBM. Saiba como participar

Quer ficar por dentro de notícias relevantes, análises de preço, promoções e muito mais? Acesse nosso Canal do Telegram t.me/corretoraflowbtc e ganhe até 100 reais de BÔNUS

Leia também: